Cirurgia de reversão de vasectomia passo a passo

1- Preparo do paciente e Anestesia

Após o paciente deitar-se em posição confortável é realizado assepsia e colocado campo estéril isolando o local a ser operado garantindo assim um ambiente limpo e reduzindo o risco de infecções.

– A anestesia inicial é realizada com anestésicos tópicos a base de xilocaína (pomada). Após adequado efeito anestésico é utilizada seringa com agulha de insulina (muito pequena) para anestesia da pele. Não é necessário nenhum tipo de anestesia no testículo, apenas na pele do escroto.

Cirurgia de Reversão de Vasectomia

2- Localização dos canais deferentes:

Pequena incisão é realizada (3 a 4 cm) para localizar os canais deferentes. Após localizar estes canais isolamos o local onde foi feita a vasectomia e removemos o seguimento obstruído.

Cirurgia de Reversão de Vasectomia

3- Anastomose do canal deferente:

Com o canal deferente limpo e desobstruído iniciamos a anastomose (pontos) com microscópio unindo as extremidades sadias do canal deferente. O mesmo procedimento é realizado dos dois lados

Cirurgia de Reversão de Vasectomia

Cirurgia de Reversão de Vasectomia

4- Sutura da pele:

Após o termino da anastomose fazemos uma revisão do local e estando tudo bem fechamos a ferida operatória com fio absorvível (sem necessidade de retirar os pontos).

Cirurgia de Reversão de Vasectomia

5- Curativo:

O curativo é então realizado e um suspensório escrotal é posicionado. Assim concluímos o procedimento cirúrgico e neste momento damos início aos cuidados pós-operatórios.

Agende sua consulta